Não é novidade que estamos em um mercado altamente competitivo e que as empresas, que buscam das mais variadas formas de inovar e se antecipar ao mercado, são as que saem na frente.

Com o decorrer dos anos, surgiram estudos de métodos para auxiliar as empresas a se manterem no mercado. Desses, os mais importantes trata do estudo das metas, pois são os guias até o sucesso do negócio.

Se atingir tuas metas é importante pra ti e, assim, você obter sucesso no seu empreendimento, este artigo é para você. Estude esse passo a passo de como acompanhá-las e mantê-las no caminho.

DEFINIR AS METAS

A escolha das metas para sua empresa precisa ser uma ação racional e lógica, afinal de contas, não adianta escolher metas baseado nas emoções, porque elas serão apenas sonhos.

Por isso, é importante que você pense bem onde quer chegar e observe se essa meta é relevante e atingível. Ela motivará sua equipe? Contribuirá para concretização da sua visão?

MÉTODO SMART

O método SMART (Esperto) é uma boa alternativa para quem tem dificuldades de como definir as metas de sua empresa. Ele, basicamente, pode te ajudar a traçar metas possíveis visando resultado palpáveis para o seu negócio. Para usá-lo, sua meta terá que atender aos requisitos abaixo:

S - Specific: Garanta que suas metas sejam específicas para cada área do seu negócio. Elas precisam ser claras e bem definidas.

M - Measurable: Certifique-se de que todas suas metas são mensuráveis e possua indicadores para todas elas.

A - Attainable: Precisam ser alcançáveis, atingíveis, possíveis de se chegar.

R - Relevant: Elas precisam ter relevância, significado, fazer sentido a ponto de motivar diariamente todo o time.

T - Time Based: E por último, mas não menos importante, toda meta precisa de um tempo a ser alcançada, não é mesmo? Então estabeleça um prazo, período para realizá-las.

Como aprendemos melhor por interação visual, abaixo um vídeo breve sobre o método SMART do Tiago Tessman, especialista em Google Ads e Conversão de Vendas.

 

PRIORIDADES

Depois de estabelecer todas as tuas metas, é normal que se perceba a grande quantidade delas. Não é surpresa se dizer que você não poderá atender a todas de uma vez?

"Priorize por impacto, não por facilidade."

Não precisa desistir de algumas, apenas defina o nível de relevância dentre elas conforme as necessidades e objetivos da sua empresa. Caso não exista essa lista de prioridades, suas metas entrarão em caos e você perderá o controle de seu planejamento. Foque no controle!

METAS MENORES

Quando se trata de metas, um problema recorrente é a falta de visão dos resultados. Isso faz você pensar que está falhando ou que se perdeu no acompanhamento, desmotivando, portanto, você e sua equipe.

"Comemore as pequenas conquistas e tenha seu time habituado a vencer."

Por conta disso, é interessante que você desmanche sua meta em pequenas tarefas. Essa atitude vai tornar toda a atividade mais simples. Seu time começará a ver os resultados menores e enxergar o crescimento no que está sendo feito.

INDICADORES

Toda meta precisa ser mensurada, afinal você precisa saber o quão perto de um resultado você está. É pra isso que existe o KPI (Key Performance Indicator) ou indicador-chave de desempenho.

Os indicadores são responsáveis por exibir os seus resultados de suas metas em números. Portanto, é importante que também construa-os com sentido e acompanháveis.

Além disso, para que todo acompanhamento seja eficiente, é muito interessante que sejam utilizadas planilhas de acompanhamento. Elas devem reunir todos os indicadores para facilitar seu trabalho e análise.

ANÁLISE DE DADOS

A análise é uma etapa contínua em todo o processo de acompanhamento de metas, afinal, de que adianta criar metas e indicadores se eles não forem analisados e não se fazerem úteis?

Então, não torne tudo apenas um enfeite. Observe seus dados, pense estrategicamente e se necessário mude seus planos de acordo com seus resultados. Ter uma análise bem feita do seu negócio possibilita essa adaptabilidade com os estímulos do mercado.

RELATÓRIOS

Por fim, temos o produto final de todo o esforço de criar metas, priorização, desmembramento, indicadores e análise: o famoso relatório!

Eles são os responsáveis de guardar o histórico de performance de sua empresa. Esses dados históricos vão te ajudar a realizar outras análises mais profundas comparando os períodos e os resultados de cada fase da sua empresa. Portanto, armazene-os e use-os.

Uma das grande falhas das empresas é não aprender com os erros. É importante que, para planejamentos futuros, as pessoas saibam o que acertaram, o que erraram e o que ainda não foi explorado.

CONCLUSÃO

Os grandes benefícios das metas é proporcionar, ao seu negócio, adaptabilidade as mudanças do mercado e a previsibilidade de resultados.

Com essa leitura do passo a passo, você agora está pronto para definir as metas da sua empresa e acompanhá-las. Então não perca tempo e saia na frente dos seus concorrentes. Reinvente-se!

 

Nova call to action