O autosserviço é uma das maiores tendências no varejo da atualidade.

Nesse modelo de comércio, características de varejo e atacado são reunidas em um único negócio, em especial as vantagens de cada alternativa: vendas no formato de varejo, mas com preço de atacado. 

Por isso, também é conhecido como atacarejo.

A característica mais marcante deste modelo de negócios é o fato de que o cliente realiza todo o processo de compras sozinho, inclusive o pagamento pelos produtos.

O formato não é novo, mas com as mudanças no comportamento de consumo das pessoas, ele tem sido remodelado para os moldes da era digital e isso tem aberto um mar de possibilidades para o setor varejista.

A ausência de intermediários está gerando muito mais autonomia e agilidade ao processo de compra, já que a necessidade de contratar um atendente é descartada. Além disso, os custos com armazenamento são reduzidos, gerando vantagem tanto para o estabelecimento quanto para o cliente.

E quais são as vantagens de adotar esse modelo?

Para que você tenha uma noção mais abrangente do assunto, mostraremos os benefícios que o autosserviço pode proporcionar tanto para o cliente quanto para o lojista.

- Para o lojista:

Reduz as chances de erros

Não é por coincidência que a tecnologia tem feito cada vez mais parte do cotidiano das empresas. Afinal, um sistema automatizado tem bem menos chances de cometer erros do que uma pessoa, concorda?

Isso quer dizer que quanto menos humanos estiverem envolvidos no processo de compra, menores as probabilidades de que ocorra algum problema. Os sistemas de autoatendimento são bastante intuitivos e só oferecem as opções necessárias para que o cliente registre o produto que deseja levar e a forma de pagamento que pretender escolher.

- Para o cliente:

Reduz o tempo do processo

As filas são um dos desafios do varejo e uma das vantagens do autosserviço é justamente minimizar ou até mesmo eliminar uma das etapas de compra que costuma representar a maior parcela de todo o processo.

Melhora a experiência de consumo

Implementar o autosserviço no varejo é mostrar perspectiva de inovação e se preocupa com o bem-estar de seus clientes, oferecendo-lhes uma opção de agilizar o processo de compra e torná-lo muito mais agradável do que como ocorre no modelo tradicional de varejo de balcão.

E como eu posso aplicar o autosserviço na minha loja?

Um dos primeiros passos para implementar o autosserviço de maneira eficiente no ponto de venda é começar pela organização das mercadorias. Uma área de venda bem organizada e devidamente sinalizada dá ao consumidor as informações necessárias para tornar a experiência de compra muito mais positiva.

A sensação de autonomia e liberdade, por sua vez, empoderam o cliente, fazendo com que ele se sinta dono de suas próprias decisões de compra e não alvo de uma estratégia de marketing invasiva.

Uma estratégia de implementação de autosserviço bem estruturada requer materiais de comunicação com informações úteis para o cliente, seja na divulgação dos produtos, seja no manuseio do equipamento pelo qual o autosserviço será realizado, como:

Encartes, cartazes e sugestões de compra agregadas.

Qual é um grande desafio envolvido na implementação do autosserviço? 

O investimento inicial pode ser alto e possui retorno esperado no médio a longo prazo.

Considerando que a finalidade do autosserviço seja eliminar as etapas intermediárias e empoderar o cliente, dando-lhe autonomia, não investir os recursos necessários para que esse modelo de negócios funcione adequadamente é perder Se você decidir investir em soluções de autosserviço, faça isso aos poucos. 

Uma forma de contornar essa questão é substituir começar disponibilizando apenas algumas máquinas, mantendo funcionários por perto e realizando campanhas e ações para preparar os clientes.

A IZI.app sabe que o modelo de autosserviço ainda deve enfrentar no Brasil até que sua implementação seja efetiva no varejo.

Nosso compromisso é com o avanço do seu negócio por meio da tecnologia.

E aí, pronto para alavancar seu supermercado?

Abraço da IZI.